Exercício 10: Processo do Descanso de Pratos

Conforme a vida de Jerry e Esther evoluía e suas idéias e projetos eram expandidos, Esther começou a carregar um caderno que continha sua lista de coisas que precisavam ser feitas. A lista tinha evoluído para várias páginas e era comicamente chamada de “Coisas a Fazer Hoje”. Bom, dez pessoas não teriam realizado a lista em apenas um dia.

A cada nova entrada na lista, Esther se sentia pesada e menos livre. Por causa de seu desejo de ser merecedora e sua natureza condescendente, ela criou um grande senso de responsabilidade e seus sentimentos de liberdade estavam sendo triturados pelo peso disso tudo.

Sentada numa mesa de um restaurante e esperando que sua refeição fosse entregue, ela começou a folhear as páginas de sua lista.

Casualmente, ela teria riscado algo já feito e, imediatamente,para cada item feito, pensaria em mais três itens a serem colocados na lista. Conforme um sentimento de desespero a invadia, ela nos perguntou “Abraham, o que devo fazer?”

Pegue esse descanso de pratos de papel, explicamos, e guiaremos você. Desenhe uma linha no centro do papel, de baixo a cima, e como um cabeçalho, na parte esquerda da linha, escreva: “Coisas que farei hoje.

E como um cabeçalho, na parte direita da linha, escreva: “Coisas que eu gostaria que o Universo faça”.

Agora, olhando para a lista do “Coisas que farei hoje”, selecione apenas aquelas coisas que você realmente tem a intenção de fazer hoje, coisas que você sente que precisa fazer, coisas que realmente queira fazer, que você tem a intenção de fazer hoje, e coloque-as na parte esquerda do seu Descanso de Pratos, abaixo do cabeçalho “Coisas que farei hoje”. E agora, entre todas as outras atividades do lado destinado ao Universo em sue descanso de pratos.

Esther olhou para a lista e escolheu várias coisas que ela realmente precisava fazer nesse dia e colocou-as do seu lado do descanso de pratos. E começou a transferir a longa lista de coisas restantes importantes para o lado do Universo, no descanso de pratos. Uma por uma, ela transferiu seus deveres para o lado direito da linha e conforme elas eram transferidas, sentiu-se mais leve.

Explicamos à Esther que, de forma a alcançar qualquer coisa, ela tinha apenas que fazer duas coisas: ela precisava identificar o objeto de seu desejo e, então, ela precisava sair do caminho do deixar acontecer. Em outras palavras, peça e encontre uma forma de alcançar a vibração que permite o acontecimento – pois sempre lhe é dado, não importa o que você peça.

Quando Esther estava folheando sua longa lista de responsabilidades, ela estava certamente amplificando a parte do “pedir” da equação, mas a contusão e os sentimentos de opressão eram indicadores emocionais certeiros de que ela não estava no estado de vibração da permissão do que ela estava pedindo.

Durante o processo de transferência desses itens para o lado do Universo no descanso de pratos, sua resistência começou a ficar leve e sua vibração começou a ser alavancada. E ela não percebeu naquele momento, seu ponto de atração foi mudado, e ela começou – imediatamente – a permitir a realização de seus desejos.

O que Esther experimentou nos poucos dias a deixou surpresa. Não apenas ela era capaz de alcançar com facilidade os itens de sua própria e curta lista, mas os itens do lado do Universo no descanso de pratos foram realizados também, mas sem requerer o tempo de Esther, sua atenção ou ação. As pessoas que ela não conseguia falar por telefone, chamavam-na. Empregados de sua equipe se sentiam inspirados a ajudar de alguma forma e faziam algo que estava na lista dela e informavam-na após a realização, sem a atenção ou requerimento de Esther.

O tempo parecia ter se esticado para permitir que mais coisas fossem realizados e o tempo dela com seu pessoal, lugar, situações de transito, melhorou dramaticamente.

O Processo do Descanso de Pratos fez com que Esther focasse seus desejos mais especificamente e, pela primeira vez, liberou sua resistência em relação a eles. Pois quando você pede, sempre lhe é dado – mas você tem que deixar que, o que pede, possa vir para você.

Abraham, fale-nos mais sobre o Processo do Descanso de Pratos
Muitas vezes, quando Esther e Jerry estão almoçando, Esther pega um grande pedaço de papel de sua bolsa e, então, eles desenham uma linha de cima a baixo no meio do papel.

Do lado esquerdo eles escrevem “Coisas a fazer hoje: Jerry e Esther. E do lado direito do papel, escrevem “Coisas a fazer: Universo”.

No lado da página destinada a eles, eles escrevem as coisas que em planejam ações para aquele dia. No outro lado, escrevem as coisas em que gostariam que o Universo agisse. Esther sempre foi uma grande criadora de listas. Ela normalmente tem uma lista de dez coisas em sua lista de coisas a fazer. E normalmente a lista tem servido como desculpa para não se sentir oprimida. Em outras palavras, com tantas coisas a serem feitas, que possivelmente não podem ser realizadas, as lista de coisas a fazer praticamente draga as energias dela. Mas o que ela está descobrindo agora é que no lado de sua lista, tem que colocar apenas o que realmente tem a intenção de fazer. E dessa forma, há pouca resistência, mesmo em relação às coisas que ela vai fazer. E qualquer coisa a mais que ela queira fazer, seja hoje, daqui a um ano, ou daqui a dez anos, ela escreve do lado direito da lista – e permite que o Universo lide com isso.

Um dia em que saíram de um restaurante, Jerry disse “você quer levar aquele descanso de pratos?”. E Esther disse “Essa é a melhor parte, não ter que acompanhar o assunto”. Ela deixou a lista na mesa; deixou-a ali para que o Universo lidasse com ela. Não há acompanhamento, você vê, nada que a drague e que a mantenha presa a si mesma pensando naquelas coisas. É isso que você faz quando entende que há esse companheiro constante, o Fluxo de Bem-Estar, fluindo para você.

No momento em que você diz “eu prefiro isso”, ou “eu gosto disso”, ou “aprecio isso”, ou “quero isso”, a parte celestial em você e as Energias não físicas, naquele instante, começam a orquestrar a manifestação do desejo. Naquele instante! Mais rápido do que você possa falar isso, a Energia flui, as circunstâncias e eventos, numa orquestração que você não temos como começar a descrever, começam a tomar lugar, de forma a lhe dar exatamente o que você quer. E se não fosse por sua resistência, as coisas aconteceriam realmente rápido.

Você está certo do que quer?
Você não precisa se manter dizendo ao Universo o que você quer; você tem apenas que dizer ao Universo uma única vez. Mas a vantagem de continuar falando a respeito é que você se torna claro sobre o que quer.

Normalmente você não consegue articular tudo o que quer na primeira vez em que declara o que quer, assim quanto mais você fala a respeito, mais você se alinha com aquilo. Mas quando você diz “quero isso”, o Universo começa a manifestar isso, então você diz “Eu gostaria que isso fosse desse jeito”, aí o Universo modifica aquilo. E você diz “e um pouco disso nisso poderia ser ótimo”, e o Universo...você percebe onde queremos chegar? Uma vez que você tenha zerado esse assunto e sabe o que quer – aquilo está a caminho para você. Está feito. A manifestação daquilo irá provavelmente acontecer mais tarde, embora - pois quase sempre há – haja resistência suficiente para que você não receba aquilo instantaneamente.

 

Este assunto foi tema no nosso canal no Youtube. Assista:



FAÇA OS OUTROS EXERCÍCIOS:
Processo 01: Avalanche de apreciação
Processo 02: A caixa de criação mágica 
Processo 03: O seminário criativo
Processo 04: Realidade Virtual
Processo 05: O jogo da prosperidade
Processo 06: O processo da meditação
Processo 07: Avaliando sonhos
Processo 08: O livro dos aspectos positivos
Processo 09: Roteiro
Processo 10: Processo do descanso de pratos
Processo 11: Processo do seguimento de intenção
Processo 12: Não seria bom se...?
Processo 13: Que pensamento traz melhor sentimento?
Processo 14: Limpando a bagunça para ter clareza
Processo 15: O processo da carteira
Processo 16: O processo da pivotagem
Processo 17: O processo da roda do foco
Processo 18: Encontrando o lugar do sentimento
Processo 19: Liberando resistências para se ver livre de débitos
Processo 20: Deixando para o gerente
Processo 21: Reclamando o estado natural de saúde
Processo 22: Subindo na escala emocional

 



Aprenda 3 exercícios de 10 minutos para manifestar o que deseja, clicando aqui

VOCÊ QUER UM EXERCÍCIO PERSONALIZADO PARA ATRAIR O QUE DESEJA EM FORMATO MP3 PARA VOCÊ OUVIR ANTES DE DORMIR? Clique aqui e conheça o Método Alfa